English Made in Brazil

O maior site de estudos e foro de debates sobre inglês do Brasil. Tudo sobre metodologias de aprendizado e de ensino de línguas. Nestas páginas Schütz & Kanomata disponibiliza sua produção intelectual. Materiais de ensino inéditos, baseados em linguística comparada. Centenas de perguntas respondidas por equipe internacional de professores & orientações sobre estudos no exterior.

Leia mais ...

English Made in Brazil (EMB) faz parte de nossa responsabilidade social.

Através do EMB, oferecemos gratuitamente ao público, em especial professores e estudantes de inglês, toda produção intelectual da escola, procurando trazer seriedade acadêmica a uma área vulnerável, em grande parte,  dominada por um interesse predominantemente comercial.  Além de cumprir com sua função social, a escola demonstra sua competência à comunidade em que atua, ao mesmo tempo em que encontra, no desafio de demonstrar sua competência no plano nacional, motivação para continuar produzindo conhecimento.

Criado em 1996, o site possui hoje cerca de 500 páginas, 7 slide shows, um arquivo com 585 perguntas e respostas e um fórum com mais de 78 mil mensagens.  Há na Internet cerca de 47 mil links direcionados ao nosso site e o mesmo possui mais de 10 mil indexações no Google.

Ricardo E. Schütz

Ricardo Edmundo Schütz, brasileiro, bacharel em Administração de Empresas e Direito, mestre em TESL (Teaching English as a Second Language) pela Arizona State University (maio de 1987), tese de mestrado: Contrastive Phonology of English and Portuguese, 7 anos de residência no exterior, 16 anos de experiência no ensino de inglês: 3 no Japão e 15 no Brasil, pesquisador do ensino de inglês em diferentes países, é o criador de English Made in Brazil, autor principal dos estudos publicados no site e líder da equipe que dele participa. É também fundador da escola patrocinadora deste site, responsável pela sua orientação pedagógica, coordenador dos departamentos de Inglês e Português para Estrangeiros e responsável também por aulas de fonética e gramática.

Monolíngue até os 27 anos de idade, Ricardo assimilou inglês totalmente através de language acquisition, sem a mínima interferência de estudo formal, ao ponto de tornar-se praticamente bilíngue. Foi também o vetor principal de português para sua esposa japonesa até ela tornar-se bilíngue. Pai de uma filha hoje trilíngue, teve ainda a oportunidade de acompanhar e observar na criança, dos 0 aos 10 anos de idade, a assimilação dos três idiomas num processo em que, alternadamente, conforme o ambiente a que a criança estava exposta, a respectiva língua emergia como língua materna. Suas experiências lhe despertaram o interesse pelo estudo da psicologia de aprendizado de línguas e por metodologias de ensino.

Ex-presidente da Associação Sul-Brasileira de Intercâmbio Educacional e Cultural – ASBI.